Por que os pais devem acompanhar o processo de aprendizagem dos filhos?

Quando a pandemia do novo coronavírus chegou ao Brasil, as primeiras providências pelas autoridades de saúde foi fechar tudo, inclusive as escolas. Diante disso, os pais se viram numa missão de dividir o acompanhamento de aprendizagem dos filhos com o trabalho de home office entre outros afazeres domésticos.

Isso nunca foi uma tarefa fácil, porém com a pandemia a situação se agravou.

O rendimento escolar das crianças, certamente caiu. E o que fazer para mudar essa situação?

Foi pensando nisso, que produzimos esse artigo para ajudar os pais que estão perdidos em meio a tantas obrigações, atividades e estão com dificuldade em acompanhar o processo de aprendizagem dos filhos.

Em primeiro lugar, vamos falar sobre os 4 aspectos que toda criança precisa para se desenvolver bem, especialmente na primeira infância.

São eles: o cognitivo, o físico, o emocional e o social. Veja a seguir os exemplos em relação a como trabalhar esses quatro aspectos com as crianças que estão na primeira infância ou até os 6 anos de idade na Educação Infantil:

1 – Cognitivo

Essa parte você não precisa se preocupar muito, pois a escola é responsável por trabalhar isso com as crianças. Mas, fique atento as próximas dicas:

2 – Social – Aproveite o tempo em casa com seus filhos

É muito importante enquanto estiver em casa com seus filhos, dedicar tempo à eles para trabalhar os demais aspectos de desenvolvimento, que são: o físico, emocional e social.

Para isso, fique atento também para ajuda-los no desenvolvimento de habilidades que farão toda a diferença no crescimento da criança.

Como exemplo, estão: habilidade em identificar os sentimentos; estimular a criança a gostar de aprender; desenvolver junto com ela empoderamento e a autoestima; falar sobre a importância de ser altruísta, ou de se colocar no lugar do outro, ter empatia, ser gentil, mostre à ela como trabalhar em equipe e por último, realize exercícios com ela que irão estimular a criatividade.

Você pode, por exemplo, dividir tarefas simples em casa para ela participar como: organizar os brinquedos, ajudar a estender a cama, tirar pó de superfícies baixas, guardar compras de supermercado, te ajudar a pensar no almoço ou jantar de vez em quando etc.

Porque essas são tarefas simples e que, com a participação dela, ela vai aprender a trabalhar em equipe, a ter opinião e se posicionar de forma certa em algumas situações.

3 – Emocional – Aprendizado tardio

Não se preocupe com isso, o seu filho não ficará atrasado e a alfabetização será retomada.

Mas existem alguns aspectos a serem trabalhados em casa.

Como, por exemplo: nomear sentimentos. Faça isso quando ele não estiver se sentindo bem ou quando estiver assistindo um filme próprio para a idade dele. “Porque a mocinha está triste?” e estimule ele a falar sobre as próprias percepções.

Outra dica é fazer leitura com seu filho. Mesmo que seja durante 15 minutos antes dele dormir.

Além de ser um momento único com ele, você estará estimulando a leitura, a empatia e a conexão com você mesmo.

Pois acredite nisso: ele nunca mais vai esquecer de momentos como esse.

4 – Físico – Interaja com seu filho

A melhor opção nesse caso é promover junto com seus filhos atividades e brincadeiras lúdicas que certamente irão contribuir de forma significativa com o desenvolvimento deles.

Pensando nas crianças que estão no que especialistas chamam de “segunda infância” ou até os 12 anos, separamos algumas dicas que irão tornar a rotina de vocês mais leve.

Em primeiro lugar, não esqueça de manter um ritmo diário de estudos, confira as dicas:

aprendizagem dos filhos

1 – Faça um cronograma

É importante para não se perder em meio a muitas atividades.

Organize junto com ele o cronograma das aulas, os horários de estudo, de lazer, de tarefas em casa etc.

Além de ajudar seu filho a ser mais organizado na rotina isso também ensina o senso de disciplina e responsabilidade.

2 – Façam pausas

O cérebro se distrai muito facilmente, por isso inserir pausas durante o processo de aprendizagem dos filhos é muito importante para melhor aproveitamento das matérias.

3 – Promova atividades lúdicas

Torne o momento mais agradável e descontraído possível. Isso vai facilitar muito o aprendizado de seus filhos. Eles amam brincar e inserir essas atividades no dia a dia deles só vai facilitar e muito as coisas.

Pode ser uma amarelhinha, pintura, esculpir massinhas de modelar, criar mini competições de dança, brincar de mímica para adivinhar nome de um filme, outras brincadeiras como xadrez, jogo da velha, pular corda.

Qualquer atividade que estimule a parte física e também a parte intelectual auxilia nesse desenvolvimento.

4 – Converse com seus filhos

O momento exige muito esforço, paciência e diálogo. Por isso, converse sempre com seus filhos e explique a importância de não parar os estudos. O fato de estar em casa não quer dizer que se está de férias. Eles irão entender!

5 – Faça elogios

A menor conquista, sempre elogie! Isso vai motivar a criança e fazer com que ela se interesse cada vez mais pelos estudos.

6 – Seja criativo

Insira atividades que despertem e prendam a atenção das crianças. Como por exemplo, que tal a cada dia fazer uma atividade diferente? Defina dias para colorir; o dia de música; dia de teatro de fantoches e por aí vai.

7 – Mantenha a calma

E por último, mantenha a calma! Por mais que a situação esteja difícil para você, para o seu filho não está diferente. Ele sente muita falta do convívio dos colegas da escolinha e com certeza isso o deixa mais nervoso e ansioso. Por isso, mantenha a calma e seja paciente!

Certamente, tirar um tempo só para vocês vai fazer bem! Defina o dia do cinema em casa com pipoca e deixe a criança escolher o filme e divirtam-se!

Acima de tudo não esqueça que é um momento entre você e seu filho, faça com que esses encontros sejam especiais e os aproveite ao máximo!

E para finalizar, você sabia que na escola Porthal nós temos, além de professores preparados para lidar com as crianças, coordenadores pedagógicos que dão suporte para as famílias, aos professores e aos alunos?

Sim, contamos com uma grande equipe super-preparada para lidar com todo tipo de situação relacionada ao ensino de crianças, jovens e adultos.

Inclusive, nossos profissionais passaram por reciclagens durante a pandemia para atender melhor os pais que estão em dúvida sobre como acompanhar a aprendizagem dos filhos durante esse período.

Para saber mais, clique aqui!

Cadastre seu e-mail e receba nossos conteúdos!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!